InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Entrevista Entertainment Wise

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
BG
AP Addicted
avatar

Número de Mensagens : 8224
Idade : 27
Localização : Planeta Minerva
Data de inscrição : 16/04/2008

MensagemAssunto: Entrevista Entertainment Wise   Sab 05 Out 2013, 11:08

   Avril Lavigne é uma das maiores estrelas do pop e está de volta com seu quinto álbum autointitulado, que será lançado no dia 5 de novembro.

  Depois de três álbuns no topo das paradas e uma série de singles de sucesso, incluindo o hit de 2007 Girlfriend, Avril está de volta com dois novos singles, Here’s To Never Growing Up e Rock N Roll.

   Conversamos com a Avril para descobrir porquê de ela ter optado por lançar um álbum homônimo depois de quatro álbuns, como era trabalhar com o marido Chad Kroeger e, ainda, para saber o que ela acha da sexualização das cantoras.

   Você está de volta com seu novo single “Rock N Roll”, para quem ainda não ouviu, sobre o que é a música?

   “Rock N Roll” é simplesmente cativante, é o espírito do Rock N Roll, que é apenas não se importar com o que as pessoas pensam e ser rebelde. É uma música divertida!

   O vídeo pareceu muito divertido de fazer. Apenas para ficar claro, o que é um tubarão urso?

   A ideia veio do diretor Chris Marrs, ele cria algumas coisas muito loucas.

   Os dois singles, Here’s To Never Growing Up e Rock N Roll, representam muito bem o resto do álbum?

   Não! (risos) O álbum tem de tudo. Há músicas no piano que são apenas piano e voz, há algumas músicas muito cruas e emotivas. Há algumas músicas de verão, é nostálgico. Há uma música de rock chamada Bad Girl, que tem a participação do Marilyn Manson, e também tem Hello Kitty, que é eletrônica. Então, tem de tudo.

   Você já decidiu qual será o seu próximo single?


   Sim, mas eu realmente não posso confirmar isso.

   Seu novo álbum Avril Lavigne será lançado em novembro – por que você decidiu lançar um álbum autointitulado 5 discos depois?

   Porque estilisticamente e liricamente ele tem de tudo e eu não consegui resumir isso. E a foto do álbum, a capa do álbum ficou melhor com o meu nome nela.

   Qual é a sua canção favorita no álbum?


   Eu gosto muito de Give You What You Like, Hush Hush e Bad Girl.

  Você disse que esse álbum é completamente diferente de seu último álbum. De que forma e o que inspirou isso?

   Na verdade, para ser honesta, eu apenas fui para o estúdio e escrevi um monte de coisas diferentes e trabalhei com novas pessoas. Escolhi as músicas que ficaram melhor.

  Você sempre experimentou diversos gêneros e sons em todos os seus álbuns anteriores. Como este novo álbum soa? Quais são os principais temas dele?

   Um monte das minhas músicas antigas eram sobre amor, relacionamentos e separações porque eu era jovem, eu era uma adolescente e essas coisas todas. Mas agora eu estou em um momento muito diferente na minha vida. Não é apenas um álbum sobre amor e relacionamentos. Tem uma música chamada Rock N Roll, outra chamada Hello Kitty, várias músicas de verão, duas canções muito nostálgicas, sobre relembrar o passado, como 17. Eu acho que eu não planejei que fosse assim, mas isso é bom.

   Você chegou a dizer que tinha escrito tantas músicas para este álbum que daria para lançar dois álbuns. Podemos esperar um novo álbum em breve?

   Talvez. Eu não posso prever isso, mas é provável que sim. Esse é o tipo de coisa que eu espero poder fazer!

  Você trabalhou com Marilyn Manson na música Bad Girl. Como essa colaboração surgiu?

   A música me fez pensar nele. Então, eu liguei e ele veio ao estúdio, ouviu, gostou, gravou imediatamente e me apareceu com ela pronta. Eu o conheci quando tinha 18 anos, em um dos shows dele.

   Muitas pessoas têm ideias pré-concebidas sobre Marilyn Manson. Como é realmente trabalhar com ele?

   Trabalhar com ele foi bom, foi tranquilo. Nos reunimos para gravar no estúdio, mas eu tenho muito respeito por ele como compositor e ele tem uma carreira de sucesso. Por isso, é realmente inspirador ter ele por perto e, também, nós temos em comum o fato de ele não ser apenas um compositor, mas também um músico. Ele também é cantor, então nos entendemos. Ele me entendeu de verdade quando ele estava produzindo as músicas e eu achei isso muito legal.

   Você coescreveu seu novo single com o seu marido, assim como várias outras faixas do disco. Ele tem sido a principal influência por trás do álbum?

   Com certeza, mas não só ele. Chad, David Hodges e eu escrevemos muitas músicas juntos. E, em seguida, no final, trouxe Martin Johnson, J. Kash e mais outras pessoas. Então, nós fizemos isso com um monte de gente.

  Existe algum plano de uma turnê mundial para este álbum?

   Eu não planejei nada ainda, apenas a ida para a Ásia. Mas eu acho que eles já estão pensando nisso agora, então, por enquanto, ficaremos apenas promovendo.

   Agora que você já cimentou seu lugar como uma das maiores estrelas do pop ao redor do mundo e consegue manter sua longa carreira, você ainda sente a pressão dos charts quando você está lançando um álbum ou você está mais relaxada com isso agora?

   Eu acho que sou apenas muito grata por ainda estar aqui fazendo música. E eu tenho fãs que são incríveis. Ainda estou fazendo música, então, estou feliz e é nisso que eu quero me focar.

   Você tem uma carreira de mais de uma década. Do que mais você se orgulha na sua carreira até agora?

   Não sei. Eu acho que isso requer muito trabalho e dedicação. Quando você faz isso para viver, você realmente não tem muita vida fora dela. Então, como qualquer outra pessoa que é aspirante a músico ou cantor, você sente a necessidade de dedicar toda a sua vida ao seu trabalho, porque você vive isso. Eles têm que ser capazes de lidar com isso e trabalhar muito duro. Então, quando as pessoas me perguntam isso, é isso o que eu digo.

   O que tem acontecido de mais surpreendente na sua carreira?

   Eu acho que é legal saber quantos fãs me seguem no Twitter ou no Facebook, porque eu coloco vídeos e é sempre tão surpreendente ver quantas pessoas estão me seguindo e vendo aquilo. Sempre que eu coloco algo lá é muito legal.

  Quando você olha para trás, tem alguma coisa que você gostaria de trazer de volta?

   Não.

   Você vendeu dezenas de milhões de discos, ganhou inúmeros prêmios. O que ainda está em sua lista de coisas para fazer musicalmente?

   Um álbum de natal.

   Isso seria ótimo. Nós gostaríamos de ouvir isso. Seu último single se chama Here’s To Never Growing Up, mas se tornar uma grande estrela sendo tão jovem fez você sentir que teve crescer mais rápido?

   Sim. Foi assim mesmo, na verdade. Seu espírito e sua atitude na vida devem ser jovens, independente da idade que se tenha. Eu sinto que vai ser sempre assim, espero que sim. Mas você está certo. Sim, eu entrei nessa indústria muito jovem e tive que ser uma mulher de negócios e crescer rapidamente.

   Você se tornou pioneira do pop/rock no início dos anos 2000. Você acha que é justo dizer que você pavimentou o caminho para várias artistas femininas do pop de hoje?

   Eu não sei. Você acha?

   Há quem diga que antes de você havia apenas um tipo de artista pop. Hoje temos Taylor Swift e Kelly Clarkson, que não estariam aí se não fosse você.

   Eu não tenho certeza, mas isso fez eu me sentir lisonjeada, isso foi muito legal.

   Como você acha que a indústria da música mudou hoje? Você acha que há mais pressão para que as mulheres se tornem excessivamente sexualizadas? Você já foi pressionada a tornar sua imagem mais sexy contra a sua vontade?

   Eu acho que sempre foi assim. Como quando eu surgi, todo mundo mostrava a barriga. Eu não sei, as pessoas devem se vestir da maneira que elas querem se vestir. Eu me visto como eu quero me vestir. Sempre me vesti de forma diferente, fiz minhas próprias coisas e não segui a tendência.

   Quando você irá ao Reino Unido?

   Eu não sei, mas eu devo estar lá no próximo mês.

Fonte: AQUI
Tradução: Bandaids Brasil
Créditos: United For Avril

_________________


http://albumdetestamentos.blogspot.pt/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LLfanavril
Black Star
avatar

Número de Mensagens : 7228
Idade : 19
Localização : Coimbra
Data de inscrição : 27/06/2010

MensagemAssunto: Re: Entrevista Entertainment Wise   Sab 05 Out 2013, 11:40

BG escreveu:

   Há quem diga que antes de você havia apenas um tipo de artista pop. Hoje temos Taylor Swift e Kelly Clarkson, que não estariam aí se não fosse você.

   Eu não tenho certeza, mas isso fez eu me sentir lisonjeada, isso foi muito legal.
asdfghjk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://thingsthatiwillneversay.tumblr.com/
sophabbey
When You're Gone
avatar

Número de Mensagens : 815
Idade : 17
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 21/10/2012

MensagemAssunto: Re: Entrevista Entertainment Wise   Sab 05 Out 2013, 12:30

Gosto da ideia do albúm de natal asfghjkl
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://hushtime.tumblr.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Entrevista Entertainment Wise   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Entrevista Entertainment Wise
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Entrevista: Michael dá entrevista as vésperas de sue aniversário de 50 anos
» [YT] Entrevista de Michael Jackson à Bárbara Wlaters - 1997 ( Legendado )
» [YT] Entrevista,Michael Comenta sobre o album Bad (Legendado)
» Entrevista com Tiago Espírito Santo
» Forumeiros Entrevista: Fórum Contrabaixo BR

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Avril Portugal :: AVRIL LAVIGNE :: Avril Lavigne-
Ir para: